“Se você se considera uma pessoa antirracista, publique conteúdos produzidos por autores, artistas, ativistas e coletivos negros. Ah, e não é pra desperdiçar a oportunidade postando quadrado preto, não!”

Fonte: É blackout, não blackface!, por Erika Hilton | Revista Fórum