O novo teto fiscal teria sua primeira versão até 2023, o que permitiria um avanço nos investimentos públicos já para 2021, essencial para a retomada do crescimento.

Fonte: Entre narrativas e fatos sobre a questão fiscal: por um novo teto de gastos – parte 2 | Brasil Debate — Brasil Debate