Documentos obtidos pela Pública revelam como o Ministério da Agricultura ignorou efeitos colaterais do financiamento para o cultivo na Amazônia e no Pantanal, proibido desde 2009

Fonte: Governo Bolsonaro liberou plantio de cana sem estudo ambiental